Endereço

Rua Pernambuco, 1002 - Sala 601
Savassi | CEP 30130-151
Belo Horizonte, MG
Tel.: 3261 8282 - 3262-4130/0876
sdamg@sdamg.com.br


Clique aqui para acessar a Intranet

Notícias

voltar        

Brasil deve importar etanol



São Paulo - O Brasil deverá importar cerca de 200 milhões de litros de etanol anidro dos Estados Unidos para o abastecimento do mercado em abril, de acordo com informação do presidente do Sindicato Nacional das Empresas Distribuidoras de Combustíveis e Lubrificantes (Sindicom), Alísio Vaz.

Segundo ele, o etanol foi importado por grandes produtores e será utilizado para ser misturado à gasolina. A expectativa é de que os primeiros navios cheguem no início de abril. Vaz explica que os últimos aumentos do etanol hidratado fez com que as vendas do combustível nos postos recuassem perto de 40% nos postos nos últimos dias. "Também já verificamos um aumento no uso da gasolina", disse.

Com a expectativa de aumento do consumo da gasolina, o etanol anidro importado será utilizado para ser misturado na proporção de 25% neste volume novo que será consumido. Segundo Vaz, a Petrobras afirmou que está preparada para elevar de forma vigorosa a oferta da gasolina nas próximas semanas à medida que o consumidor for migrando do hidratado para o combustível fóssil, o que já vem sendo registrado com maior força nos últimos dias. Neste ano, a alta gradual dos preços do hidratado fez com que a migração do combustível renovável para a gasolina fosse mais lenta.

Segundo o economista Plínio Nastari, consultor da Datagro, estes embarques de anidro importado serão pontuais e a maioria tem como destino o Nordeste brasileiro, região mais próxima dos Estados Unidos e onde o etanol chega mais barato por conta do menor frete. "Este etanol importado será utilizado para ser misturado na gasolina no Nordeste, substituindo o produto que seria trazido do Centro-Sul", disse. Nastari afirma que a paridade atual torna vantajosa a importação de etanol norte-americano para o Nordeste.


Seca - A expectativa é de que etanol hidratado da nova safra 2011/12 comece a entrar no mercado a partir do final de abril e início de maio, em função do atraso do início da colheita no Centro-Sul. Tradicionalmente iniciado em março, a seca registrada em 2010 atrasou o desenvolvimento da cana-de-açúcar, que deve ficar pronta para o corte apenas a partir da segunda quinzena de abril.

As chuvas também estão atrapalhando o início da colheita em usinas que possuem cana já pronta. A Somar Meteorologia previu que o clima voltará a ficar ideal para a colheita nas regiões produtoras do Centro-Sul apenas em 11 de abril.


Fonte: Diário do Comércio 25/03/2011
Animatto Webcom