Endereço

Rua Pernambuco, 1002 - Sala 601
Savassi | CEP 30130-151
Belo Horizonte, MG
Tel.: 3261 8282 - 3262-4130/0876
sdamg@sdamg.com.br


Clique aqui para acessar a Intranet

Notícias

voltar        

Frango no palitinho



O frango é matéria-prima importante da culinária japonesa. Por esse motivo, produtores mineiros da ave devem aumentar suas vendas para o país asiático. Segundo o Ministério de Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior (Mdic), as vendas do produto mineiro para o Japão, no primeiro bimestre, geraram uma receita de US$ 3,3 milhões. Por causa do terremoto e do tsunami que atingiram aquela região do planeta, deve aumentar a demanda por alimentos importados.

De acordo com análise da Superintendência de Política e Economia Agrícola (Spea) da Secretaria da Agricultura, o valor obtido por Minas com a exportação do frango para o país asiático no primeiro bimestre é mais que o dobro do registrado no mesmo período de 2010. Já a receita das exportações de frango para todos os mercados que adquirem o produto de Minas, no primeiro bimestre, chegou a US$ 53,2 milhões, cifra que supera em 83% o valor registrado no mesmo período em 2010.

A Rivelli Alimentos, de Barbacena, na Região do Campo das Vertentes, é uma das indústrias que registraram aumento das exportações anunciado pelo Mdic. Há cerca de oito anos a indústria exporta frango, sendo habilitada atualmente pela União Europeia, o que amplia a possibilidade de comercialização em mercados mais exigentes. De acordo com o diretor da empresa que leva seu sobrenome, Carlos Rivelli, os dados do Ministério sobre as exportações de frango no primeiro bimestre de 2011 correspondem à crescente aceitação do produto brasileiro no mercado mundial. O diretor de vendas da Rivelli, Marcelo Assunção de Oliveira, calcula que a empresa responde por mais de 90% do volume das exportações mineiras de frango para o mercado japonês. Cotado no máximo por US$ 4 o quilo (preço da coxa desossada), o frango do Brasil compete em preço no mercado japonês inclusive com o peixe. “O custo da produção avícola é tão alto no Japão, que o país prefere importar o produto, dando preferência ao Brasil”, ressalta.

Segundo a assessora técnica da Spea, Márcia Aparecida de Paiva Silva, os dados das exportações de frango no primeiro bimestre de 2011 dão sequência aos resultados obtidos no ano passado. Além disso, ela explica, “novos clientes efetuaram compras significativas do produto mineiro, entre eles o Canadá, Reino Unido e França, entre outros.



Fonte: Estado de Minas 28/03/2011
Animatto Webcom