Endereço

Rua Pernambuco, 1002 - Sala 601
Savassi | CEP 30130-151
Belo Horizonte, MG
Tel.: 3261 8282 - 3262-4130/0876
sdamg@sdamg.com.br


Clique aqui para acessar a Intranet

Notícias

voltar        

Minas Gerais eleva receita





Desempenho em 2011 foi 41% maior que o apurado em 2010.


LUCIANE LISBOA.














ERIC GONÇALVES / DIVULGAÇÃO
A Cenbira é uma da empresas mineiras que se destacam em exportação
A Cenbira é uma da empresas mineiras que se destacam em exportação

As dez principais empresas exportadoras de Minas Gerais foram responsáveis por US$ 26,547 bilhões em embarques no ano passado e concentraram 64,15% da pauta de exportação do Estado no período. O desempenho foi 40,76% maior que o registrado no ano anterior, segundo dados do Ministério do Desenvolvimento Indústria e Comércio Exterior (Mdic).

Além da Vale S/A (Vale), principal exportadora de Minas Gerais nos últimos anos, cuja participação na pauta mineira chegou a 40% e os embarques somaram US$ 16,792 bilhões, outras empresas também tiveram participação importante no superávit comercial do Estado no ano passado.

A Companhia Brasileira de Metalurgia e Mineração (CBMM) ficou em segundo lugar e foi responsável por US$ 1,882 bilhão em embarques, um aumento de 21,6% no volume negociado na comparação com o exercício anterior, quando exportou US$ 1,547 bilhão. As exportações da CBMM representaram 4,55%.

Em seguida, apareceu a Fiat Automóveis S/A (Fiasa), com US$ 1,651 bilhão em exportações em 2011 e 3,99% da pauta mineira. O resultado da montadora italiana foi 35% maior do que no ano anterior, quando seus embarques somaram US$ 1,222 bilhão.

Em quarto lugar no ranking das principais exportadoras de Minas em 2011 ficou a Nacional Minérios S/A (Namisa), com US$ 1,525 bilhão embarcados. A empresa subiu uma posição em relação a 2010, ultrapassando a Gerdau, cujo volume de embarques chegou a US$ 1,448 bilhão no ano passado.

A Cooperativa Regional de Cafeicultores em Guaxupé LTDA, produtora de café, segundo principal produto da pauta mineira de exportação, apareceu em sexto lugar, com US$ 736 milhões em volume embarcado.


Cenibra - A cooperativa subiu três posições no ranking do ano passado divulgado pelo Mdic, ultrapassando a Kinross Brasil Mineração S/A, que exportou US$ 701,7 milhões; a Celulose Nipo Brasileiraá S/A (Cenibra), com US$ 663,6 milhões e a Companhia Siderúrgica Nacional (CSN), com US$ 597,6 milhões.

Em 10º lugar ficou a AngloGold Ashanti Brasil, subsidiária da mineradora sul-africana AngloGold Ashanti. A empresa especializada em mineração de ouro realizou US$ 552 milhões em embarques no ano passado.

O principal grupo siderúrgico instalado em Minas Gerais, a Usinas Siderúrgicas de Minas Gerais (Usiminas) apareceu em 12º lugar no ranking das principais exportadoras de Minas Gerais em 2011. O desempenho da usina recuou quatro posições e os embarques caíram de US$ 461 milhões em 2010 para US$ 386 milhões em 2011 (-16,38%). (AE)





Fonte: DIÁRIO DO COMÉRCIO. LUCIANE LISBOA.
Animatto Webcom