Endereço

Rua Pernambuco, 1002 - Sala 601
Savassi | CEP 30130-151
Belo Horizonte, MG
Tel.: 3261 8282 - 3262-4130/0876
sdamg@sdamg.com.br


Clique aqui para acessar a Intranet

Notícias

voltar        

Apex-Brasil e Abit assinam novo convênio




 


São Paulo - A Agência Brasileira de Promoção de Exportações e Investimentos (Apex-Brasil) e a Associação Brasileira da Indústria Têxtil e de Confecção (Abit) assinaram ontem, em São Paulo, o novo convênio do Programa de Exportação da Indústria da Moda Brasileira (Texbrasil) para 2012/2013. O convênio prevê investimentos de R$ 17,5 milhões ao longo dos primeiros 12 meses.

O Programa Texbrasil promove as exportações e a internacionalização das empresas do setor. Atualmente, 348 empresas participam do programa, contribuindo com 42% das exportações brasileiras do setor têxtil e de confecção. A expectativa para 2012 é de crescimento de 5% nas exportações das empresas do Texbrasil, chegando a US$ 630 milhões, de acordo com a Abit.

O novo convênio visa promover o posicionamento e a internacionalização da indústria da moda brasileira e tornar essas empresas referência mundial em inovação, design e sustentabilidade.

"Cada vez mais, estamos conseguindo aumentar a percepção internacional do Brasil como produtor global de moda sustentável, inovadora e de qualidade", explica o presidente da Apex-Brasil, Maurício Borges. "Incrementar essa participação exige que a produção do país esteja bem posicionada no mercado mundial, um desafio que estamos vencendo agregando inteligência competitiva a ações de promoção comercial, como missões empresariais internacionais e eventos de moda, entre outras."

Para o presidente da Abit, Aguinaldo Diniz Filho, o Texbrasil é a referência do setor para quem quer começar a exportar ou aumentar suas exportações. "Todo o suporte que uma empresa precisa, desde informações mais básicas até as mais complexas, passando por capacitação, pesquisa de mercado, gestão de exportação e toda a parte de promoção comercial, está disponível de forma rápida e clara para as empresas", explica. "Não se cria uma cultura exportadora da noite para o dia, mas as empresas têm certeza que o Texbrasil estará apoiando em todo o caminho."


Países-alvo - No convênio 2012/2013, entre os mercados-alvo do programa, a Unidade de Inteligência Comercial e Competitiva da Apex-Brasil, em parceria com a Abit, selecionou dez países-alvo. No segmento de confecções, foram escolhidos Estados Unidos, China, Reino Unido, França, Austrália, Emirados Árabes Unidos e República Dominicana. No segmento têxtil, os países escolhidos foram Argentina, Colômbia e Peru.

O novo convênio prevê, entre outras ações, a disponibilização customizada de informações às empresas participantes do programa. Para isso, será criada uma plataforma tecnológica que possibilitará às empresas o acesso a informações específicas e a elaboração de seus próprios relatórios combinando dados do Guia Texbrasil e da área de Inteligência Competitiva do Texbrasil.

O Programa Texbrasil foi criado em 2000 com o objetivo de organizar as empresas brasileiras para a oferta de produtos têxteis e de confecção no mercado internacional. Em 12 anos de parceria entre a Apex-Brasil e a Abit, já foram firmados sete convênios, com investimentos de R$ 112 milhões, gerando um volume de negócios de US$ 4,2 bilhões.

Nesse período, o projeto promoveu a vinda ao Brasil de mais de 900 compradores internacionais e 900 jornalistas estrangeiros e a participação das empresas brasileiras em mais de 200 feiras fora do Brasil.



 



Fonte: DIÁRIO DO COMÉRCIO
Animatto Webcom