Endereço

Rua Pernambuco, 1002 - Sala 601
Savassi | CEP 30130-151
Belo Horizonte, MG
Tel.: 3261 8282 - 3262-4130/0876
sdamg@sdamg.com.br


Clique aqui para acessar a Intranet

Notícias

voltar        

Entrada de importados chega a 22%




Brasília - A participação dos produtos importados no mercado brasileiro de bens industriais bateu recorde, segundo o estudo Coeficientes de Abertura Comercial, divulgado ontem pela Confederação Nacional da Indústria (CNI).

O chamado coeficiente de penetração de importações atingiu 22,2% no acumulado de 12 meses encerrados em março.  o maior valor da série iniciada em 1996. Esse coeficiente corresponde à participação dos produtos importados no consumo doméstico de bens industriais, tanto finais quanto de insumos para a produção.

Segundo a CNI, esse coeficiente ficou 0,3 ponto percentual acima do recorde anterior, 21,9%, registrado no final de 2011. O estudo, feito em parceria com a Fundação Centro de Estudos do Comércio Exterior (Funcex), mostra ainda que, com exceção de 2009, o índice de participação de produtos importados no mercado brasileiro tem subido desde 2003 e acumula crescimento superior a 10 pontos percentuais.


Transformação - Na indústria de transformação, a participação de insumos importados na produção dobrou em uma década e também atingiu valor recorde, ao passar de 10,5%, em 2002, para 21,1%, no acumulado de 12 meses até março deste ano.

O economista da CNI Marcelo Azevedo destaca que as novas medidas do Plano Brasil Maior, a redução da taxa de juros e a valorização cambial demoram para surtir efeito prático e, por isso, a participação dos importados continua crescendo. "Essas mudanças demoram a aparecer nos preços e na percepção dos consumidores na hora da compra", disse, em nota divulgada pela CNI.

O estudo mostra também o coeficiente de participação das exportações, que é o valor da exportação de bens industriais dividido pelo da produção industrial.




Fonte: DIÁRIO DO COMÉRCIO. (AE)
Animatto Webcom