Endereço

Rua Pernambuco, 1002 - Sala 601
Savassi | CEP 30130-151
Belo Horizonte, MG
Tel.: 3261 8282 - 3262-4130/0876
sdamg@sdamg.com.br


Clique aqui para acessar a Intranet

Notícias

voltar        

Edital para novo terminal deverá sair neste mês
















ALISSON J. SILVA
Apenas 10% das obras do Terminal 1 do aeroporto foram concluídos
Apenas 10% das obras do Terminal 1 do aeroporto foram concluídos

Até o fim deste mês a Empresa Brasileira de Infraestrutura Aeroportuária (Infraero) deverá publicar o edital de construção do Terminal de Passageiros 3 do Aeroporto Internacional Tancredo Neves (AITN), em Confins, na Região Metropolitana de Belo Horizonte (RMBH). Já a licitação que irá definir a empresa responsável pelas reformas nas pistas e pátios do aeroporto deverá ter início em meados de setembro.

De acordo com o diretor de Obras de Engenharia da Infraero, Jaime Henrique Parreira, os documentos estão em fase final de elaboração e a expectativa é de que ambas as obras tenham início ainda neste ano. "Vamos trabalhar de tal forma que todas as intervenções que integram o projeto de preparação do aeroporto para os eventos esportivos dos próximos anos sejam concluídas até dezembro de 2013", diz.

Orçado em R$ 100 milhões, o Terminal de Passageiros 3 foi proposto para solucionar uma situação emergencial de demanda por tempo determinado e será um terminal provisório.

Conforme Parreira, ao todo serão 11,5 mil metros quadrados para o terminal e 28,4 mil metros quadrados para o pátio de aeronaves, gerando uma capacidade de 5,8 milhões de passageiros/ano. O objetivo é centralizar os voos domésticos das empresas aéreas Avianca, Azul, Trip e Webjet, que juntas atualmente detêm cerca de 20% do tráfego do aeroporto.

O outro projeto irá expandir a pista de pouso e decolagem em 600 metros, e o pátio de aeronaves em 100 mil metros. Tais obras foram incluídas na segunda fase do Programa de Aceleração do Crescimento (PAC 2) e demandarão investimentos da ordem de R$ 169 milhões.















DIVULGAÇÃO/INFRAERO
Jaime Parreira: intervenções devem ser concluídas até dezembro de 2013
Jaime Parreira: intervenções devem ser concluídas até dezembro de 2013

Terminal - Já as obras de ampliação e modernização do Terminal 1, que tiveram início em outubro do ano passado pouco avançaram em quase um ano de execução. De acordo com o diretor, desde então, apenas 10% dos trabalhos foram concluídos, enquanto o projeto original estipulava que nesta época, pelo menos 25% das intervenções estivessem prontas.

Por este motivo, no mês passado, a Infraero solicitou à construtora cearense Marquise, responsável pelos trabalhos, que refizesse o cronograma dos serviços de forma a recuperar o tempo perdido sem extrapolar o prazo final de execução das obras, previsto para dezembro do ano que vem. Após alguns adiamentos o relatório finalmente foi entregue ontem e a estatal dará continuidade às adequações.

Inicialmente, as intervenções, orçadas em R$ 226,5 milhões, foram divididas em nove etapas a serem realizadas no prazo de 28 meses, mas agora essa divisão deverá mudar.

"Estamos fazendo um replanejamento geral de todas as etapas do projeto para que possamos acelerar o processo de modo que em abril ou maio do ano que vem já tenhamos recuperado o tempo perdido. Assim, não há neste momento nenhum indicativo de que a entrega das obras vá atrasar e mantemos a expectativa de conclusão para o fim de 2013õ, explica.

Os trabalhos incluem readequação do sistema viário, substituição das escadas rolantes, esteiras de bagagem e pontes de embarque, ampliação dos espaços comerciais, troca do revestimento e iluminação, e modernização dos sistemas elétrico e eletrônico, entre outras.


Concluídas - Entre as etapas finalizadas estão o sistema viário, que inclui demolição estrutural, fechamento e adequação do estacionamento e a construção das coberturas metálicas para ônibus e táxis. Agora, os operários estão trabalhando no terraço do aeroporto, que receberá a nova praça de alimentação do terminal.

Já nos próximos meses serão feitas as adequações da rodovia para a transferência da pista de rolamento de embarque e desembarque de passageiros para parte de trás do espaço comercial. "A estimativa é de chegar ao final deste ano com aproximadamente 38% do projeto concluído", diz.

Com as intervenções, a área total do terminal passará dos atuais 60,3 mil metros quadrados para 67,6 mil metros quadrados. Isso permitirá o aumento da capacidade anual em 8,5 milhões de passageiros. Hoje, o número de pessoas que embarcam em Confins, cerca de 7 milhões por ano, já é muito superior à capacidade máxima (5 milhões).





Fonte: MARA BIANCHETTI.DIÁRIO DO COMÉRCIO.
Animatto Webcom